solstício

em vinte e um de dezembro
de 2080 ao raiar dos ventos
migraremos com os pássaros
atrás de terras sagradas
onde mulheres andinas
penteiam cachoeiras
e jequitibás com
pentes de ágata roxa
e costuram mantos e toucas
de linhos galhos e folhas
para os filhos recém nascidos
dos gigantes de Socotra.

Anúncios

post-mortem II

eu tinha olhos bárbaros
e turvos de converter
gotas solares em
kamikazes tenazes
e em nome de Ares
sem escrúpulos ou
alardes explodia
poros e púlpitos
e forrava com
húmus e sucos
os sulcos precários
de tua carne.

no próximo “novo testamento”

em honra ao crucificado
esponjas de vinagre
para os soldados.

José

talvez se olharmos de perto
pros negativos dos álbuns
familiares e registros diários
das câmeras da cidade
descobriremos perplexos
que tal como um lance de
dados de Mallarmé somos todos
fantasmas autofágicos
e improváveis caminhando
a passos largos por wormholes
privados sobre alvéolos
importados de petit pavé

Imagem